O bê-a-bá de Bonito

Nossa roadtrip pelo Centro-Oeste terminou em Bonito, cidade que faz bastante jus ao nome. Passamos quatro dias por lá e fizemos os mais variados passeios – teve flutuação em rio, arara, quadriciclo, mil coisas que você pode acompanhar nos próximos posts. Mas hoje eu quero contar o que eu aprendi sobre viajar para essa cidade sul-matogrossense, assim você pode ir preparada se algum dia for pra lá!

Chegando em Bonito

Você já sabe que nossa aventura começou em Goiânia e que nós chegamos em Bonito de carro. De Campo Grande até lá dá uns 300 km de estradas razoáveis, então rola de alugar um carro por lá.

Dá pra explorar Bonito sem carro? Na cidade em si não tem muita coisa para fazer, as atrações costumam ficar em fazendas, então você vai precisar reservar um lugar nas vans das agências de turismo.

Bonito tem um aeroporto, mas ele é bem pequeno e os vôos para a cidade são bastante limitados. Se essa for a sua opção, também lembre-se de perguntar no hotel ou albergue se eles tem serviço de transfer, porque é difícil achar táxi no desembarque.

IMG_0368
Chegando em Bonito

Dá para entrar nas atrações sem depender de agência?

NÃO. Todos os rolês você faz por meio de agência, seja pela internet, seja na própria cidade, para ter o controle de quantidade de pessoas nos lugares. Nós fizemos tudo com a H2O, no escritório deles em Bonito, e foi uma escolha super acertada: eles foram super atenciosos, nos ajudaram a montar uma programação super massa, e quando perguntamos se as araras da fazenda de uma das atrações tinha asa cortada, eles ficaram até meio ofendidos, hehe.

Nós fomos no fim de agosto, em dia de semana, então tinha vaga em praticamente todas as atividades que nós escolhemos, mas se você for em época de férias ou feriado, é melhor programar tudo com antecedência.

Se você está de carro, dá para chegar e sair das atrações sem depender do transporte da agência. Lembra-se do que eu falei no post sobre as estradas do Centro-Oeste? A relação com o Waze continua a mesma em Bonito: a internet é escassa e os aplicativos de navegação podem não ser tão confiáveis assim. As estradas também são sinalizadas só de vez em quando, então a minha DICA DE OURO é você pedir um mapa de papel na agência e segui-lo. Sim, bem old school.

quadriciclo_Bonito_MS
Anna Sophia, alguém te ama!

Falando em internet…

Ela não existe em Bonito. É sério. A banda da cidade é minúscula e 3G é lenda urbana, só dá pra se conectar nos lugares onde tem Wifi. Se eu não me engano, a Claro tem um pouquinho mais de sorte lá (mas pode ser a Oi, também, não lembro). Mas, no geral, é zona livre de internet e fim.

O que fazer na cidade?

Bonito tem inúmeras atrações, a maior parte envolvendo água, rios, cachoeiras, etc. Nós fizemos flutuação no rio Sucuri, boiacross, visitamos o Buraco das araras, trilha de quadriciclo e passeamos por cachoeiras. Outros passeios famosos são: Abismo de Anhumas, Gruta do Lago Azul, Lagoa Misteriosa e Projeto Jiboia. Mas se você vai passar mais dias, dá uma procurada na Internet porque o que não falta é coisa para fazer por lá!

A Flora Moraes, do Flora no Ar, fez alguns vídeos depois do Rally dos Sertões contando um pouco a experiência dela em Bonito, dá uma olhada:

O valor das atrações varia bastante. Alguns passeios podem sair 50 reais ou um pouco menos, outros estão na casa dos 100 pilas. O rapel na cachoeira Boca da Onça estava mais de 400 reais, e a atração mais cara era o Abismo de Anhumas: R$ 900!

O que levar para Bonito:

Pense que você vai passar muito tempo na água, então roupa de banho é essencial. Tênis também precisa entrar na mala, principalmente para as atividades que envolvem caminhada. Calça comprida é necessário para alguns passeios. Protetor solar e repelente são itens essenciais, RISOS, mas antes de passar, converse com um guia. Em alguns lugares, tipo o rio Sucuri, o protetor e o repelente podem causar danos ao ecossistema.

Fazenda Rio do Peixe_Bonito_MS
Fazendo amigos na fazenda Rio do Peixe

À noite pode fazer friozinho, então não esqueça o casaquinho!

Quando ir:

Bonito é muito diferente durante o inverno (seca) e o verão (cheia). Nesse post tem explicadinho o que acontece em cada época, assim você pode decidir quando prefere ir!

Onde comer:

Muitos dos passeios incluem almoço, então a verdadeira preocupação é o jantar. A gente foi por três noites na pizzaria Zapi Zen, na avenida Filinto Müller, e foram os melhores jantares na cidade! Para variar um pouco, também comemos no Tapera, na rua principal da cidade, e o pintado cheio de queijo que eu comi estava bem gostoso.

pizzaria Zapi Zen_Bonito_MS
A pizza de chocolate da Zapi Zen: uma das mais gostosas que já comi na vida!

Onde se hospedar:

Passamos uma noite no CLH, da rede Che Lagarto, e o hotel é novinho e bonito. No resto da viagem, nos hospedamos no Hotel Pousada Calliandra, e a experiência foi bem ok. O CLH é mais barato e seria minha primeira recomendação – além de tudo, ainda tem agência de turismo lá dentro, haha. A localização dos dois é ótima: perto da praça da Liberdade, a principal da cidade, e do centrinho com restaurantes, lojinhas, sorveterias, etc, assim você não precisa depender do carro 100% do tempo.

Na cidade também existe o albergue da rede Che Lagarto, mas ele é um pouco mais distante.

flutuação_rio Sucuri_Bonito_MS
Flutuação no rio Sucuri

E, afinal, Bonito fica no Pantanal?

A gente sempre achou que Bonito ficasse na zona pantaneira, mas a vegetação da região é, na verdade, um híbrido entre cerrado e mata atlântica. O ponto do pantanal mais próximo é a Fazenda São Francisco, a 160 km da cidade, e para visitá-la você precisa se hospedar pelo menos uma noite.

por do sol_cerrado_Bonito_MS

 

Escrito por

Carioca apaulistada, jornalista, 26 anos. Gosta de escrever, viajar e um monte de outras coisas que não caberia nessa descrição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s